Os medicamentos fora de uso também têm remédio.
Home

Farmácia comunitária

Que produtos se podem recolher nas Farmácias Comunitárias?

Ao funcionarem como os únicos pontos de retoma e no âmbito do SIGREM (Sistema Integrado de Gestão de Resíduos de Embalagens de Medicamentos), as farmácias comunitárias asseguram a receção assistida dos resíduos de embalagens e restos de medicamentos fora de uso.
Neste subsistema estão abrangidos os resíduos das embalagens primárias de medicamentos de uso humano, sujeitos ou não a receita médica, que são as típicas embalagens de venda ao público na sua apresentação mais completa, e pelas embalagens de medicamentos e produtos de uso veterinário cujo prazo de validade ou de consumo se encontra ultrapassado, de origem e consumo doméstico.


Que delimitação existe neste subsistema quanto ao tipo de embalagem?
Este subsistema é prioritariamente destinado a assegurar a recolha e valorização de resíduos de embalagens, quaisquer que sejam os materiais utilizados no fabrico da mesma.
Considera-se aplicável a definição legal de embalagem dada pelo Decreto-Lei 366-A/97.


Que papel têm os Farmacêuticos e colaboradores das farmácias em todo este processo?
As farmácias participam na divulgação das campanhas de comunicação e informação que regularmente são produzidas pela VALORMED e, por isso, os seus colaboradores desempenham um papel fundamental neste processo, nomeadamente, no ato de dispensa dos produtos aos utentes.
Enquanto técnicos de saúde contribuem ativamente na sensibilização dos utentes para as boas práticas ambientais, pelo que é fundamental que informem da necessidade de ser efetuada a entrega na farmácia das embalagens vazias e dos medicamentos fora de uso no ato de dispensa do produto.
Sempre que possível é igualmente desejável e recomendável que a farmácia verifique se os utentes estão apenas a entregar resíduos de embalagens e de medicamentos, e não outros resíduos que não fazem parte do âmbito da licença que está atribuída à VALORMED pela APA (Agência Portuguesa do Ambiente).


Que outras atividades podem as Farmácias dinamizar?

Com o suporte e apoio da VALORMED, que fornecerá material didático e promocional, as farmácias podem ainda organizar ações com a comunidade local, nomeadamente, escolas, jardins de infância, lares de idosos ou de terceira idade, etc., disponibilizando até o seu espaço físico para outro tipo de ações de sensibilização e educação por si concebidas. Para o efeito, basta contatar diretamente a VALORMED, ou o seu Consultor Promocional, que prestarão todas as informações necessárias para a concretização das ações desejadas.

  • Eco Dicas: Carne Vermelha

    Coma menos carne vermelha. A criação de bovinos é uma das atividades que mais contribui para o efeito de estufa.

  • Eco Dicas: Desperdício de Água

    Não desperdice água. 5 minutos são suficientes para tomar banho. Feche a torneira enquanto esfrega o corpo, a cabeça e os dentes. Ensine, desde cedo, as crianças de que a água é um bem essencial com o qual não devemos brincar.

  • Eco Dicas: Racionalize Uso do Carro

    Escolha dois dias da semana para deixar o carro em casa e ir para o trabalho de transportes públicos. Ao final de um ano esta ação corresponde a menos 700 quilos de poluentes no ar.

  • Eco Dicas: Desligue Aparelhos Elétricos

    Desligue da tomada os aparelhos elétricos que não utiliza frequentemente. Estudos revelam que 15% das faturas da luz correspondem a energia gasta por eletrodomésticos deixados em stand by.

  • Eco Dicas: Reciclagem

    Recicle o lixo em casa e no trabalho. Com tanta informação sobre este assunto, já não existem desculpas para não o fazer.

  • Eco Dicas: Medicamentos Fora de Prazo

    Não deite as embalagens vazias e medicamentos que já não utiliza no lixo doméstico. Entregue-os na sua farmácia.

Projeto ambiental com parceria de